QUEM FOI EDITH JACOBSON

Edith Jacobson (1897-1978), foi psicanalista alemã de origem judaica, contemporânea de Freud e de grandes nomes da psicanálise.

Jacobson, se debruçou a conhecer e aprofundar o desenvolvimento pré edipiano. Seguindo a ideia da importante matriz indiferenciada, ela propõe que, no início da vida, ocorre também uma indiferenciação no id, ego e nas pulsões.
Nesse sentido, ela trabalha com a ideia de um self psicobiológico no qual as experiências das relações objetais irão organizar e dar uma espécie de valência (positivas e gratificantes ou negativas e frustrantes) nas pulsões. Estas, por sua vez, formam as bases das representações de self e de objeto.
Jacobson aprofundou conceitos sobre o superego, a depressão, a psicose e também apresentou uma ideia relevante sobre as representações psíquicas. Como legado, também deixou uma contribuição fundamental acerca da autoestima e a noção de identidade. Dessa forma, Jacobson tornou-se um nome importante, sendo uma referência no estudo e na compreensão da psicologia do ego.

Autora: Alice Peruzzo, membro associado do ESIPP.