QUEM FOI DONALD WINNICOTT

Donald Woods Winnicott (1896 – 1971), foi pediatra e psicanalista Inglês que estaria completando 124 anos nesta terça-feira, 07 de abril de 2020.

Winnicott estudou na Universidade de Cambridge e participou como estagiário e médico da guerra de 1914-18; além de ter colaborado para diversos jornais e revistas. Sua obra foi dedicada à teoria do amadurecimento pessoal, tomando o desenvolvimento como uma linha de construção, que se inaugura no nascimento, com uma dependência absoluta da mãe, para seguir com uma dependência relativa, rumo à independência. Desenvolveu uma teoria que permite compreender o desenvolvimento do self e a etiologia dos distúrbios psíquicos, estudando o bebê e sua mãe como uma “unidade psíquica”, obtendo o conhecimento sobre as diversas peculiaridades dessa relação. Destacou que no início o ambiente do bebê é a mãe (cuidador), sendo que a qualidade desse ambiente é que irá permitir um desenvolvimento saudável. Definiu essa qualidade como sendo uma “mãe suficientemente boa”, que consegue atender às demandas do bebê, antes das suas próprias necessidades.

Outros conceitos importantes utilizados pelo autor foram: preocupação materna primária; objetos transicionais e fenômenos transicionais; verdadeiro self e falso self; holding, handling e a apresentação de objetos; medo do colapso.

Autora: Bárbara Rodrigues, Membro Associado do ESIPP.